Porque Sim

Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

Pois é, hoje vou escrever sobre o beijo. Melhor, vou escrever algumas alíneas retiradas do livro acima citado e que achei curiosas.

Divirtam-se e saboreiem.

O livro em causa foi escrito por Martine Mairal.

Com a devida vénia, transcrevo:

" A Embriaguez do Beijo"

"O beijo tem uma embriaguez fácil. Fácil e indiscreta. Embriaga-se com palavras. O seu natural lirismo a isso o conduz. Sob o golpe da emoção, depressa lhe sobe à cabeça. O beijo é uma declaração de amor completa.

Da declaração à declamação vai um passo que ele ultrapassa alegremente.

As suas tremuras, os seus arrepios, os seus inefáveis suspiros provocam-lhe febre. Abandona-se então com complacência à hipérbole. Como se colocasse a fasquia demasiado alta e apresentasse a si mesmo o desafio de a saltar uma vez mais. A sua sensualidade serve-se de todos os pretextos para se exaltar. Os cabelos, a cova da nuca, os ombros ou os seios são as vias confessáveis de uma voluptuosidade que pode conduzi-lo, ele sabe-o até à obscenidade."

Amanhã à mais.

sinto-me: Uma beijoqueira
publicado por alzirota às 17:04

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

15
17
20

21
22
23
25
27

28
29


Últ. comentários
Parabens Para a Ana para os Avos, e bem Vindo Ant...
Amiga boa tarde.Nos conheçemos desde sempre, e ain...
Olá amiga!Aqui estou eu para te deixar um sorriso ...
Amiga sem palavrasSem palavras mesmoBeijo
obrigado, e todos os sitios são sempre os adequado...
Amiga não é o sitio mais indicado mas aqui vai os ...
opá, essas coisas não se dizem. Fazem-se.AHHHHHHHH...
Tou cm saudades daquele strip, lembras? Bjinhos
Obrigado.É sempre gratificante para mim, saber que...
Boa tarde amigaEsta lindo parabens, esta com um es...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro