Porque Sim

Sábado, 04 de Outubro de 2008

 

Hoje decidi relembrar algumas peripécias que aconteciam nas excursões que o meu pai organizava.

O meu pai desde há muito tempo que organiza excursões.

Percorri ,enquanto fui solteira, Portugal de lés a lés.

Hoje não se pode dormir dentro dos autocarros e as coisas já estão organizadas a tempo e horas. Antigamente, tirando o destino para onde se ía, quase tudo o resto era um pouco ao sabor do vento, até porque era tudo muito caro e a solução passava por levar o "farnel" para esses dias e dormir dentro do autocarro.

No verão, dormia-se na rua em colchões de espuma.

O meu irmão, fosse apenas uma ida à praia ou viagens maiores, mal saíamos de casa e logo  que a camioneta arrancava já pedia comer, a minha mãe já ía preparada e lá lhe dava a sande. Já era um hábito tão grande que quando isto não acontecia, decerto que o meu irmão estaria doente.

Lembro-me de um ano não haver bacalhau em Portugal, ou o que existia era carissimo.

O meu pai decidiu organizar uma excursão ao Gerês, e de passagem íamos a Espanha, mais concretamente a Tui e toda a gente comprou bacalhau, toda a gente que tinha dinheiro para o fazer. Podem imaginar o cheiro que se fazia dentro daquela camioneta. Nesse dia o almoço foi no Gerês, imaginam o que se comeu ? Bacalhau, pois claro e a pivia de bacalhau foi o prato escolhido.

Já numa outra altura, fomos dar uma volta por Braga, ver o Sameiro e o Bom Jesus. Dormia-mos lá e a malta nova decidiu ir ao cinema. O 25 de Abril tinha sido à pouco tempo, estavam na moda os filmes eróticos.

Entramos no cinema para ver uma comédia muito em voga na altura mas nessa noite o filme que estava em exibição era um filme erótico que se intitulava " A Ocasião faz o Ladrão", alguns que íam connosco optaram por voltar para trás, mas os mais corajosos decidiram assistir.

Assim que nos sentámos, demos em gritar que nem uns loucos, pois as cadeiras baixavam, baixavam...de repente lá nos apercebemos que eram mesmo assim. Imaginem a bronca que não foi.  E posso calcular o que não nos terão chamado... qualquer coisa como saloios e parolos.

Provavelmente até seríamos mas divertiamo-nos até mais não.

Numa outra altura fomos conhecer o Algarve.

Era de Verão e mais uma vez dormimos na rua nos colchões de espuma, que por esta altura já quase toda a gente tinha.

Era muito engraçado pois ali ninguém se importava de dormir todos juntos, estendíamos os colchões e encostavamos uns aos outros para que todos dormissem bem e para que a noite corresse bem não faltava o garrafão de vinho a circular por todos. Mas nessa noite quando estavamos todos deitados a contar anedotas e a falar à toa, cheirou-nos a queimado e quando olhámos em frente vimos sair labaredas e muito fumo do Hotel de Faro, não fosse a nossa intervenção e a cozinha desse Hotel tería ardido toda.

Um belo dia o meu pai organizou uma excursão para as festas de Lamego.

Uma terra tão grande e na altura não existiam praticamente casas de banho nesta cidade.

Nessa noite não houve nada que não acontecesse.

Um dos excursionistas era um bêbedo, nessa noite deu-lhe para querer bater na esposa.

Como é óbvio, ela não estava nada disposta a colaborar, de maneira que um bêbado que mal se sustinha em pé a querer correr atrás da esposa que corria sempre à volta da camioneta até que ele caíu e por ali dormiu. Que loucura!

No dia seguinte quando acordamos, bem perto de nós, mais concretamente no Jardim que ficava em frente ao autocarro tinha havido um crime. 

Já numa outra altura, fomos a Badajoz.

Á vinda para cá apanhamos a auto-estrada e de repente um dos excursionistas queria que se parasse para fazer xixi. Mas como se antigamente, não existiam ainda as estações de serviço ? O homem coitado já desesperado, gritou para o motorista abrir a porta de trás, ao que o mesmo obedeceu, e não é que mesmo com a camioneta em andamento ele lá conseguiu "verter águas?".

Enfim histórias e mais histórias.

sinto-me: viajante
publicado por alzirota às 21:06

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16

19
20
22
23
24

27
29


Últ. comentários
Parabens Para a Ana para os Avos, e bem Vindo Ant...
Amiga boa tarde.Nos conheçemos desde sempre, e ain...
Olá amiga!Aqui estou eu para te deixar um sorriso ...
Amiga sem palavrasSem palavras mesmoBeijo
obrigado, e todos os sitios são sempre os adequado...
Amiga não é o sitio mais indicado mas aqui vai os ...
opá, essas coisas não se dizem. Fazem-se.AHHHHHHHH...
Tou cm saudades daquele strip, lembras? Bjinhos
Obrigado.É sempre gratificante para mim, saber que...
Boa tarde amigaEsta lindo parabens, esta com um es...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro