Porque Sim

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Ontem foi o dia dos Avós.

Como ontem não tive tempo para escrever, pois andei muito ocupada, com o vale dos lençóis, aqui estou para escrever um pouco sobre os (as) Avós.

Comecei por pensar o que ia escrever e aí começaram os problemas.

Enfim, avós, avós, ........já sei vou tentar definir o significado da palavra.

Hummmmmmmm, é um começo, não acham?

Procuro, procuro, gaita, pouco ou nada encontro.

Como é que vou descalçar esta bota?

Mais uma tentativa.

Ahhhhhhhhh, já encontrei alguma coisa, então já sei que existe uma terra que tem o nome de Avô é uma das localidades  mais bonitas do nosso país,mas o porquê do nome, enfim consta que se deve ao facto de se passar o rio a vau.

Bem, ainda não era isto que eu pretendia.

Também descobri que existe uma série de desenhos animados com o nome de Avó Detective, consta que está a passar na RTP2. Pois, mas também não era isto que eu queria.

Caramba, deve ser dificil ser avó ou avô, então não existe uma definição?

Á falta de melhor, descobri como se escreve avó em algumas línguas, vejamos:

Em checo: babicka, em esperanto: avino em alemão: grobmutter em grego:yiayiá poça vi-me grega para escrever este, em lituano: vec mate e por último em islandês: amma, bem tentei passar em chinês ou japonês mas em vez de olhos em bico, fiquei com as letras em bico.

Portanto quanto á definição, encontrei um texto escrito por uma criança com 8 anos de idade, e que foi publicado no Jornal do Cartaxo e que correu tudo quanto foi blogues e sites da net de tão engraçado ficou.

Vou apenas descrever algumas passagens, então a Avó é:

"Não tem filhos, por isso gosta dos filhos dos outros.

Os avós não têm nada para fazer, é só estarem ali.

Normalmente são gordas, mas mesmo assim conseguem apertar-nos os sapatos.

As avós são as únicas pessoas grandes que têm sempre tempo.

Não são tão fracas como dizem, apesar de morrerem mais vezes que nós.

Toda a gente deve fazer o possível por ter uma Avó, sobretudo se não tiver televisão!"

Muito bem visto, sim senhor, de repente deu-me um clic nesta cabeça, santo Deus, tou tramada, é que sou gorda e acho que não vou conseguir atar os sapatos de quem quer que seja, pior estou metida num rico sarilho, as avós não têm nada para fazer, já transpiro, trabalho como a maior parte das pessoas e a minha disponibilidade é muitas vezes, zero.

De repente caí em mim, VOU SER AVÓ!

sinto-me: vou ser avó
publicado por alzirota às 16:54

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17

19
21
22
23
24
25

26
28
29
30
31


Últ. comentários
Parabens Para a Ana para os Avos, e bem Vindo Ant...
Amiga boa tarde.Nos conheçemos desde sempre, e ain...
Olá amiga!Aqui estou eu para te deixar um sorriso ...
Amiga sem palavrasSem palavras mesmoBeijo
obrigado, e todos os sitios são sempre os adequado...
Amiga não é o sitio mais indicado mas aqui vai os ...
opá, essas coisas não se dizem. Fazem-se.AHHHHHHHH...
Tou cm saudades daquele strip, lembras? Bjinhos
Obrigado.É sempre gratificante para mim, saber que...
Boa tarde amigaEsta lindo parabens, esta com um es...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro